Fanpage Facebook

Atendimento Pastoral

MONSENHOR ERMÍNIO DUCA COMEMORA 64 ANOS DE SACERDÓCIO

Postado por  Rafael Oliveira  |  Publicado em Pastoral Universitária | Terça, 12 Junho 2018 17:32

Monsenhor Ermínio Duca, ou simplesmente Padre Celso, hoje, louvamos a Deus, pelo dom de sua vida, de quem a Providência Divina se serviu, a fim de nos permitir estar aqui para agradecermos mais um ano de sua ordenação sacerdotal.

Na vida, há acontecimentos e datas que não podemos esquecer e no que diz respeito a sua vocação, muito mais se torna importante fazer memória, principalmente como atitude de ação de graças por esse dom tão precioso.

A Paróquia Nossa Senhora do Rosário de Fátima é abençoada pela sua presença e pelo seu trabalho, sua sabedoria pastoral e também os seus conselhos que sempre nos direcionam para o caminho certo, com zelo e amor, em forma de dedicação incansável.

Festejar mais um ano de ordenação sacerdotal é celebrar sua capacidade de ajudar mais pessoas, de ensinar novas lições e dar cada vez mais amparo às pessoas da comunidade como tem feito durante toda sua vida e em cada obra social a que se doa.

Hoje, a FCARP, entregue nas mãos de Maria – Rainha da Paz, e toda a comunidade araputanguense, compreendem um pouco a vocação para o sacerdócio, como um dom para o qual é preciso abrir mão de si mesmo, despojando-se de suas coisas e sonhos para abraçar os planos de Deus para a construção do seu Reino.

Obrigado por podermos comemorar juntos o aniversario de ordenação, pois comemoramos a vida de alguém que morre para si e vive para Deus pois o sacerdote é um ser de doação, amor e entrega aos irmãos e à Igreja, fazendo da sua vida um sacramento intenso e fecundo.

Hoje, 12 de junho de 2018 é um dia festivo e abençoado para todos nós, principalmente para Deus, pois ele recebeu há 64 anos o seu SIM, que o tornou este fiel pastor, amigo e pai espiritual que conduz amorosamente nossos passos em direção de Deus.

Parabéns! Que Maria, mãe da Igreja, plena do Espírito Santo lhe impulsione cada vez mais a fazer o bem e viver o amor em sua vida sacerdotal.