Fanpage Facebook

MESTRE ATTICO CHASSOT VISITA FCARP E PROFERE INÚMERAS PALESTRAS

Postado por  Rafael Oliveira  |  Publicado em Educação Física | Terça, 27 Junho 2017 00:01 - Última modificação em Terça, 27 Junho 2017 18:56
13 e 14 de junho de 2017

A convite do Grupo de Estudo e Pesquisa do Curso de Educação Física - GRUEFIS, e com o apoio incondicional da direção da Faculdade Católica Rainha da Paz- FCARP-MT, o Prof. Dr. Attico Chassot esteve em Araputanga e região nos dia 13 e 14 de junho.

Nascido em Estação Jacui - RS, Attico Inácio Chassot é químico graduado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com doutorado em Educação, pela mesma instituição. Dos seus 77 anos de vida, já dedicou 56 deles à pesquisa e à docência. Atualmente é professor-pesquisador e orientador de doutorado na Rede Amazônica de Educação em Ciência e Matemática (REAMEC), um programa de doutorado implementado por uma Associação em rede de Instituições de Ensino Superior da Amazônia Legal Brasileira.

Com vários livros publicados, dentre eles destacam-se: “A ciência através dos tempos”; “Para quem é útil o ensino”; “Alfabetização científica: questões e desafios para a educação”; “A ciência é masculina? É sim senhora” e “Da disciplina à indisciplina”. Também vem se consagrando como um dos mais brilhantes autores brasileiros da área de ensino e da Educação em Ciências, História e Filosofia da Ciência.

Conectado ao mundo virtual, mantém, há mais de 8 anos, um blog (http://mestrechassot.blogspot.com.br) no qual, além de discutir conhecimentos científicos, brinda-nos com ensaios sobre ciências, política, religião e demais temáticas pulsantes no país e no mundo, sempre com uma abordagem contemporânea. Tem sido convidado como palestrante em todos os estados brasileiros e em alguns países.

Dia 13 de junho, à tarde, mestre Chassot proferiu a Palestra - “Da disciplina à indisciplina”. Durante a palestra, mestre Chassot mostra que fomos moldados para sermos sujeitos disciplinares, mas no ‘mundo real’ nenhum conhecimento ocorre com total autonomia ou independência. Assim, defende, para uma melhor leitura da realidade, uma visão holística, isto é, uma abordagem, no campo das ciências humanas e naturais, que priorize o entendimento integral dos fenômenos e sua interdependência, em oposição ao procedimento analítico em que seus componentes são tomados isoladamente. Estiveram presentes os membros do Gruefis, professores e funcionários da Secretaria de Educação do município de Araputanga e região e alunos do programa de Pós-Graduação da UNEMAT, mestrado em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM), de Barra do Bugres MT.

No mesmo dia, às 19h30, o Prof. Dr. Chassot, proferiu a Palestra - “A ciência é masculina? É sim senhora”, momento em que mestre Chassot, partindo do princípio de que não somos sociedades machistas por acaso, analisa as três vertentes que nos constituíram como humanos no mundo ocidental: a grega, a judaica e a cristã. Discute as (des) contribuições destas três raízes que nos fizeram assim. Além dos participantes do período vespertino, o evento foi aberto a outros professores e acadêmicos da FCARP e professores da rede estadual de Ensino.

Com o intuito de aproveitar o melhor possível a presença do mestre Chassot na FCARP e região, foi solicitado que o mesmo levasse suas reflexões a alunos e professores da rede pública; aceito o convite, o professor proferiu duas palestras no dia 14 de junho, em duas Escolas Estaduais de nossa região.

Com o costumeiro entusiasmo, a primeira palestra foi realizada pela manhã na Escola Estadual “Dep. Bertoldo Freire” na cidade de São José dos Quatro Marcos, com o tema “Assestando os óculos para ver o mundo”. Durante a palestra, o professor Chassot usa a alegoria dos seis óculos que podem ser usados para olhar o mundo natural: os óculos do senso comum, do pensamento mágico, dos saberes primevos, dos mitos, da religião e da ciência. Comparando artefato e mentefato, aquele, um construto material e este, um construto mental, faz uma comparação entre religião e ciência.

A segunda palestra aconteceu à tarde na Escola Estadual “João Sato” na cidade de Araputanga, com o tema “As quatro grandes revoluções científicas”; tema bastante interessante, pois abrange de uma forma didática conteúdos da história e como eles passam a afetar o dia a dia social. Em ambas as palestras, o encerramento foi pontuado com seção de fotos e autógrafos.

GRUEFIS, agradecida ao mestre Chassot, estende estimas à direção FCARP pelo apoio incondicional, à coordenação do curso de Educação Física   e à direção da Escola Estadual Dep. Bertoldo Freire, na pessoa de sua diretora, Prof. Silvia Helena Vidotti e ao Prof. Francisco Galvão de Lima, diretor da Escola João Sato, pela parceria empreendia, com especial mérito aos alunos pela recepção calorosa, bem como pela atenção e respeito demonstrados no transcorrer dos encontros.